sábado, 7 de abril de 2012

Sugestões para trabalhar problemas de violência na sala de aula


O professor poderá trabalhar com vários recursos, buscando que o aluno compreenda que as mãos não são para bater.

 Recursos:

Texto: "As mãos", utilizando luvas para dramatização (pode ser luva cirurgica).


As mãos

Era uma vez uma solitária mão.
Ela era muito triste.
Ela queria fazer um som, mas não conseguia
Ela sabia fazer uma porção
Como contar de 1 a 5 - 1, 2, 3, 4, 5.
Sabia dizer você.
Sabia dizer tudo bem?
Mas continuava muito triste.
Porque o que ela queria era fazer um som.
Mas não conseguia.
Até que um dia ela encontrou bem pertinho
Uma outra mão, que também queria fazer um som
Mas não conseguia.
Que sabia contar: 1, 2, 3, 4, 5.
Sabia dizer você.
Sabia fazer figa, desejando boa sorte.
Sabia dizer: pare
Sabia dizer: tudo bem?
Sabia dizer: tchau.
Mas mesmo assim continuava muito triste.
Porque o que ela mais queria era fazer um som.
Mas não conseguia.
Mas um dia, de repente, as duas se encontraram.
Se aproximaram, se mostraram, se tocaram e escutaram um som:
Parabéns pra você...

                                            Desconheço o autor (se alguém souber, é só indicar)

 - Após a dramatização do texto com luvas, o professor poderá realizar interpretação; convidar os alunos para efetivar os movimentos; desenhos do texto em forma de história, além de outros.

 - Fazer a contagem da história: 


 Disponível na internet

- O trabalho com o livro possibilita várias explorações: interpretação, produção de mural com desenhos das mãos dos alunos, sendo que ao lado é interessante que eles escrevam o que podemos fazer com as mãos e o que não podemos; produção de texto; ditado criativo (colocar em uma caixa ou sacola objetos relativos o que podemos fazer com as mãos); fazer listagem de outras formas de se resolver conflitos; produzir diferentes desenhos com as mãos, como por exemplo, de animais (pode ser utilizado pingos de tinta). Além dessas atividades, o professor poderá trabalhar com os alunos muitas outras. O importante é sempre destacar que "as mãos não são para bater".

 - Dando continuidade, convidar a turma para assistir o vídeo bem como para realizar os movimentos da música: "As mãos" de Patati e Patatá (disponível no You Tube). Após, trabalhar a letra da música de forma lacunada.

 - Aproveitar para trabalhar questões de higiene.

 - Realizar dinâmica de "amigo secreto" com mensagem, utilizando desenho das mãos.

 

 
 





P. S. : Neste blog tem muitas outras sugestões para o professor trabalhar este tema, como: o Vídeo Convivência, a Oração da Serenidade, Projeto Valores etc.


Um comentário:

  1. Adorei seu blog e suas postagens.
    Estou seguindo com todo carinho***Quando puder me visite, ficarei feliz com sua presença.
    Beijos.

    ResponderExcluir